• Daniela Barbosa

Creme, Gel e Sérum: Qual a diferença?

Eis que o mercado de cosméticos dermatológicos apresenta diversas soluções para as mais variadas questões da nossa pele, como: limpeza, proteção solar, produtos antissinais, anti-rugas, hidratação, cuidados para peles mais delicadas, e muitos outros que com certeza já ouvimos falar.


E, seja você um consumidor ou alguém que está querendo abrir uma nova marca e/ou inovar em algum cosmético, sabemos que dentro de cada uma dessas soluções encontramos os produtos de diversas formas, seja em forma de creme, gel ou sérum, por exemplo. E agora?! Ficamos perdidos?


Não mais! Hoje vamos ajudar você a entender um pouco mais sobre cada um deles, iremos dar inclusive algumas pinceladas sobre o tipo de pele mais indicados para cada um, e muito mais!


Gostou? Depois conta pra gente nos comentários alguma experiência positiva ou negativa sobre o uso de algum deles na sua pele! Com certeza muitas pessoas já passaram por algo parecido e você ainda pode ajudar quem está começando com os cuidados com a pele, que tal?



Creme, Gel e Sérum - Formas Farmacêuticas (FF)


Cremes


Creme é um FF semissólida que consiste em uma emulsão, formada por uma fase lipofílica e uma fase aquosa. Contém um ou mais princípios ativos dissolvidos ou dispersos em uma base apropriada e é utilizado para aplicação externa na pele ou nas membranas mucosas. É umas das formas físicas mais utilizadas na cosmetologia. Dependendo da sua consistência, pode originar loções cremosas ou sérum.


Os cosméticos com base creme são sólidos ou semi-sólidos, e por isso são

mais pastosos, consistentes e emulsionados. Eles são formulações de alta viscosidade, com alto conteúdo de hidrocarbonetos e ceras e baixa quantidade de água (em torno de 20%).


Uma vez que os cremes contêm uma maior quantidade de fase de óleo, eles são geralmente mais gordurosos, não sendo indicados para peles oleosas.


Gel


Uma forma muito apropriada para quem tem pele oleosa, acneica ou seborreica são os géis, já que uma fórmula de gel oferecerá hidratação sem óleo. Esta forma de apresentação é transparente e semissólida com um ou mais princípios ativos contendo um agente gelificante, que fornece firmeza a uma solução ou dispersão coloidal. Já nas formulações do tipo espuma, a fase gasosa é dispersa em um meio líquido contínuo, e esses produtos podem ser utilizados em todos os tipos de pele.


Os efeitos do gel variam conforme os princípios ativos adicionados, ou seja, efeito hidratante, refrescante, calmante, deslizante. Os géis são a FF mais indicada para peles oleosas, acneicas ou seborreicas.


Emulsões formadas a partir de géis são chamadas de gel-creme, formados com alta porcentagem de água e baixa, ou nenhuma, porcentagem de óleo. São preparações opacas, com aparência de creme, mas com composição de gel, geralmente tem bons resultados em peles oleosas e mistas com excesso de brilho e extremidades ressecadas.


Sérum



Os tratamentos noturnos geralmente são produtos mais intensivos, desenvolvidos para o uso à noite, para tratar problemas específicos de pele. São mais pesados do que os produtos para uso diurno e, teoricamente, contêm níveis mais altos de ingredientes hidratantes.


Os séruns são produtos concentrados que, normalmente, contêm concentrações mais altas de ingredientes desenvolvidas para penetrar a pele e tratar de diversas condições de pele. Eles são mais usados em casa e são aplicados com um creme hidratante ou protetor solar.


A palavra serum vem do latim e significa soro. Constitui-se em uma emulsão, em geral administrada na forma de gotas, devido à sua textura fluida e leve. Possui alta concentração de ativos, pequena quantidade de óleo, baixa viscosidade e rápida absorção na pele. Proporciona um toque seco, não oleoso e não pegajoso, com excelente espalhabilidade. É ideal para ser aplicado em toda a face e é muito utilizado na área dos olhos


As ampolas são doses individuais de sérum, armazenadas em pequenos frascos.



Protetores solares e produtos cosméticos para proteção diurna


Proteger a pele da exposição solar é provavelmente o hábito mais importante em benefício da pele. A exposição solar cumulativa provoca a maioria dos cânceres de pele e a envelhece prematuramente. A maior parte dessa exposição durante a vida se dá pela exposição solar casual, portanto todos os clientes devem ser instruídos a usar protetor solar diariamente.


Os protetores solares com FPS mais alto são apropriados para uma exposição ao ar livre mais estendida e para os indivíduos sensíveis ao sol. Eles estão disponíveis nas versões loção, líquido, creme e na forma em pó. As loções são adequadas para as peles mistas, as líquidas para oleosas, versões em creme para a pele alípica e, por fim, na forma em pó para oleosas. Caso você queira ler mais sobre protetores solares, temos um post aqui no blog falando exclusivamente deles!


Cremes hidratantes


Os cremes hidratantes são produtos que ajudam a hidratar o conteúdo da superfície da pele e a diminuir a aparência das linhas e rugas. A composição cosmética de um creme hidratante é basicamente misturas de umectantes ou agentes hidrofílicos, ingredientes que atraem água para si e emolientes, ingredientes oleosos que evitam que a umidade saia da pele em função da formação de película.


Os cremes hidratantes para peles oleosas são mais comuns na forma de loção e, normalmente, contêm pequenas quantidades de emolientes. A pele mais oleosa não precisa de muito emoliente porque ela já possui quantidades mais do que adequadas de sebo natural e protetor.


No caso da pele alípica, os cremes hidratantes são comuns na forma mais pesada e contêm mais emolientes, que são necessários para esse tipo de pele. Todos esses cremes podem ter outros ingredientes que desempenham funções complementares. Esses ingredientes podem incluir agentes suavizadores para pele sensível, AHA ou peptídeos para pele envelhecida ou protetor solar.


Máscaras



As máscaras em creme contém óleos, emolientes e umectantes e um forte efeito hidratante. Elas não secam na pele como a argila e costumam ser usadas para hidratar a pele alípica.


As máscaras em gel podem ser usadas pela pele sensível ou desidratada, pois não secam demais. Normalmente contém ingredientes hidratantes e suavizadores ajudando, assim, a dilatar as células superficiais com umidade, fazendo que a pele pareça mais flexível e mais hidratada.



E aí? Impactado(a)? Me conte nos comentários se você gostou do conteúdo!



  • Importante ressaltar:


Antes de escolher os produtos para sua rotina de cuidados, procure um dermatologista, para que ele avalie as necessidades da sua pele.


Falando bem sério, o mundo dos cosméticos é um mundo vasto e incrível! Você pode melhorar a qualidade de vida das pessoas com uma formulação e/ou ter a sua própria vida impactada.


Se você é uma dessas pessoas que sabe que tem uma ideia, um projetinho que ainda não tirou do papel, não deixe pra depois! Nos mande uma mensagem em qualquer uma de nossas redes sociais!


Conhecemos gente que nem a gente que aproveitou a pandemia para agir!

O que está impedindo você de realizar seu sonho agora? Bora?!



Um abraço,

Daniela Barbosa.



Referência Bibliográfica: - Martins, L. F. Introdução e Fundamentos da Estética e Cosmética. [Digite o Local da Editora]: Grupo A, 2017. 9788595022208. Disponível em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788595022208/. Acesso em: 2021, agosto.





11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Contate-nos

Obrigado pelo envio!

Universidade de Brasília Brasília DF Brazil

©2021 by Terapêutica Jr.. Proudly created with Wix.com